O poder das orações para pessoas falecidas

O poder das orações para pessoas falecidas

De acordo com a religião católica, quando uma pessoa morre, é importante que família faça orações para aquele que partiu ou mande rezar uma missa para sua alma. Porque, de acordo com as crenças, isso pode ajudar no seu processo de purificação da alma da pessoa falecida.

Sendo assim, as orações para pessoas falecidas têm grande importância para aqueles que se foram, pois ajudam-nos nos processos de compreensão do novo estado do pós-vida. O poder das orações também pode corroborar para limpeza dos pecados daquele que se foi.

Com as orações, o falecido pode se encontrar em um processo de purificação, se preparando-se para encontrar o divino no seu caminho de evolução como espírito. 

Por que fazer orações para pessoas falecidas? 

Em todas as missas é renovado o Dom de Cristo, que morreu por nós e ressuscitou ao terceiro dia para nos salvar. Portanto, oferecer uma missa para pessoas falecidas é um ato de celebração de fé da pessoa que se foi e também daqueles que estão vivos. 

Assim, a oração pelo falecido torna-se um ato de fé de ambos os lados, tanto dos vivos quanto de quem morreu. O amor de Deus coexiste junto aos pecados dos humanos, pois, em todos nós existem traços de egoísmo, vaidade, negligência etc. Portanto, quando morremos, resquícios desses pecados permanecem na alma e precisam ser curados. Uma forma de ajudar na elevação e no livramento desses estigmas é fazendo orações.

Entenda o significado do Dia dos Finados

O Dia dos Mortos, O Dia dos Finados ou O Dia dos Fieis Defuntos, são algumas das formas que os cristãos se referem a essa celebração, que é feita pela igreja católica e seus seguidores. 

Na tradição católica, em todo dia 2 de novembro, os féis rezam pelos seus amigos e familiares em seus túmulos ou em missas. São tradições que estão enraizadas na nossa cultura e fazem parte da crença dos brasileiros. 

Como surgiu a tradição de rezar pelas pessoas falecidas? 

Existem registros de católicos homenageando seus familiares falecidos desde o século II. Foram encontradas tumbas deste período com escritos de orações para aqueles que foram nelas enterrados.

A partir de então, o Dia dos Finados foi tomando uma forma mais consistente, chegando a ganhar um dia específico do ano para sua celebração. Foi no século V que a igreja reservou um dia específico para realizar as orações para as pessoas falecidas.

Quando foi no século XI, a igreja católica separou um dia para que os fieis pudessem rezar por todos os mortos. Mas, o dia 02 de novembro, foi somente estabelecido como Dia dos Finados apenas no século XIII, que é logo depois do Dia de Todos os Santos.

Juntas, as duas celebrações homenageiam aqueles que não foram lembrados durante o resto do ano. 

Qual o objetivo de fazer orações para pessoas falecidas? 

De acordo com o catolicismo, as orações para quem morreu servem como pedido de purificação das almas aflitas, para que sua passagem pelo purgatório seja breve.

Rezar pelos mortos pode ser considerado um ato de amor e afeto, pois, através das orações, o sofrimento daqueles que partiram pode ser diminuído, segundo a crença dos religiosos.

De acordo com a tradição católica, não basta apenas fazer orações pelos falecidos no Dia dos Finados. A igreja sugere que sejam realizadas indulgências como: realizar a confissão sacramental, comungar o corpo de cristo e rezar na intenção do santo pontífice. 

Ainda de acordo com o catolicismo, se alma para quem foi direcionada as orações já não estiver mais no purgatório, as indulgências serviram para aquele que a fez.

As visitas aos cemitérios no Dia dos Finados também têm as suas tradições, entre elas, estão: as velas que são acesas em homenagem aos mortos e para pedir interseção divina e a coroa de flores representa a vitória da vida sobre a morte. 

Em cada lugar do mundo tem sua própria forma lidar e honrar seus mortos. Cada cultura começou essa tradição por um motivo, com distintos rituais e intenções, algumas muito tristes e outras até bem festivas. 

No Brasil, a Igreja Católica propõe os seus rituais, mas a tradição mais comum é mesmo a visita aos cemitérios, seja para rezar, acender velas ou levar coroa de flores. 

O México tem a tradição de dia dos mortos mais conhecida do mundo. Neste dia, as pessoas realizam grandes festas em homenagem aqueles que morreram, realizado tributos às origens de suas famílias.